Transtorno da Matemática: Discalculia

A discalculia é definida como uma alteração específica na aritmética, não atribuível exclusivamente a uma deficiência mental global ou a escolarização inadequada. O déficitaborda muito mais o domínio de habilidades computacionais básicas de adição, subtração, multiplicação e divisão do que as capacidades matemáticas abstratas, envolvidas em álgebra, trigonometria ou cálculo.

Assim como em outros distúrbios de aprendizagem, as causas são genéticas, neurobiológicas e epidemiológicas, todavia, o ensino inadequado, escasso estímulo cognitivo e privações ambientais também podem estar implicados na sua etiologia.

A discalculia do desenvolvimento é uma dificuldade em aprender matemática, com lapsos no domínio cognitivo, desconsiderando oportunidade escolar, estabilidade emocional e motivação. Os sintomas mais frequentes abordam:

• Erros na formação de números, que geralmente ficam invertidos;
• Dislexia;
• Inabilidade para efetuar contas simples;
• Inabilidade para reconhecer sinais operacionais;
• Dificuldade para ler corretamente o valor de números com multidígitos;
• Prejuízos na memória para fatos numéricos básicos;
• Dificuldade de transportar números para local adequado na realização de cálculos;
• Ordenação e espaçamento inapropriado dos números em multiplicação e divisão.